NOTAS POLITICAS

banner-quentescurtas.jpg

ELEIÇÕES DE 2018

A conversa repetitiva que nas próximas eleições vai haver a maior abstenção e votos nulos e branco da história política brasileira, parece dessa vez, ser real. O povo empobrecido, sem emprego, não circula dinheiro, a política do Estado mínimo voltou, enfim, o país parou. Tai, ainda resta uma esperança, da ética vencer a rapinagem, as exceções existem, o discurso de se nivelar por baixo todos os políticos só serve para cabos eleitorais e mamateiros que tiveram seus interesses contrariados e do eleitor que rifa o voto.

VALADARES EM ESTÂNCIA

O senador Antônio Carlos Valadares e o deputado Valadares Filho estão agendando entrevista na Rádio Mar Azul FM. O radialista Dussantus já tomou conhecimento do fato. Assim que tivermos a confirmação da data da entrevista divulgaremos em todos os meios de comunicação. A entrevista servirá para o senador e o deputado fazerem um balanço das atividades parlamentares no Congresso e uma análise da conjuntura política que passa o Brasil

VEREADOR NITINHO

Presidente da Câmara de Aracaju já fechou acordo para apoiar os Mitidieri nas próximas eleições, segundo se divulgou na imprensa local. O que será que tá embutido nesse acordo um ano antes das eleições? O TRE deve ficar de olho nessas declarações. Nitinho gosta de acordo e foi questionado nas últimas eleições, mas com seus acordos acabou presidente da Câmara de Aracaju. Deixou de apoiar Valadares Filho e fez acordo com Evaldo Nogueira, pelo jeito, ELE, tá se dando muito bem.
PRESIDENTE DO TCE, DR.CLÓVIS BARBOSA

Presidente do TCE de Sergipe Dr. Clóvis Barbosa, homem sério e de respeito, foi infeliz ao justificar o fracasso do governo de Jackson Barreto, principalmente no que tange ao pagamento dos servidores aposentados e pensionistas. Dr. Clóvis disse que a culpa é de João e Albano e até incluiu Valadares que foi governador em 1986, cerca de trinta anos atrás. Esqueceu Déda, que foi quem mais endividou o Estado com reajustes em planos de carreiras insustentáveis. Dr. Clóvis foi Secretário de Governo de Marcelo Déda, se explica, além disso Dr. Clóvis colocou o TCE em situação vexatória, pois nesses trinta anos O TCE não viu, nem fiscalizou suposto buraco. Era uma faz de Conta, Dr. Clóvis? O presidente deu até uma mãozinha para o falido governo de Jackson, emprestou dinheiro, fato inédito, nunca visto antes tal afinidade e parceria.

scroll to top