Mais vertical’, Diego não deixa brecha em disputa por espaço no Fla

O ano começo com uma incógnita em relação ao futuro de Diego no Flamengo, uma vez que o camisa 10 tinha uma proposta do Orlando City, dos Estados Unidos. O meia renovou e se tornou um nome de confiança do técnico Abel Braga, muito, talvez, pela mudança de estilo em relação à última temporada.

Ao falar sobre briga por vaga na equipe titular, o treinador rubro-negro ressaltou que Diego tem sido “mais vertical” e avaliou que o meia já está melhor que em 2018. Vale lembrar que, em termos de função, também houve mudança. Até o fim do ano, o camisa 10 atuava ao lado de Lucas Paquetá (que foi para o Milan, da Itália, ao término da temporada), revezando no papel de segundo volante. Já este ano, William Arão está ao lado de Cuéllar, fazendo com que Diego fique mais livre para chegar à frente.

scroll to top